Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Português em movimento

O Blogue de Português do 2º ciclo da E. B. Lousada Centro

Português em movimento

O Blogue de Português do 2º ciclo da E. B. Lousada Centro

O cão e o gato…

  

 

 

 

 

 

Era uma vez um cão chamado Petit e um gato chamado Kiko que eram bons amigos. Embora se diga que o cão e o gato são inimigos, não era o caso.

Certo dia, o cão combinou com o Kiko irem para um campo de atletismo fazerem uma corrida e o gato respondeu:

- Não sei... Toda a gente do mundo animal sabe que os cães correm mais do que os gatos, não é, Petit?

- Não, não é! Fica combinado para sábado, ok? -Disse o Petit.

- Ok. Mas já sabes que eu vou perder! Até lá! Xau. -disse o Kiko.

No sábado lá estavam eles. No decorrer da corrida o Petit fez-lhe uma rasteira e acabou por ganhar.

- Não é justo! Ganhaste com batotice! - exclamou o gato.                    

- Nem penses, eu não fiz isso! - disse o Petit.

- Então vamos fazer agora outra, um, dois, três...

 Começaram a corrida e o kiko, com tudo planeado para conquistar a vitória, zás, deitou-o abaixo e continuou a corrida, conseguindo ganhar-lhe.

- Boa! Consegui! Ganhei! - entusiasmou-se o kikinho.

- Não! Tu ganhaste com batotice! - resmungou o Petit.

- Como tu!!! - respondeu o Kiko.

            MORAL: Amor com amor se paga.

                                                                          

 

 Lara Delmar Cunha, nº15, 5ºD

A gata e o lanche lá em casa

 

 

           Era uma vez uma gata que decidiu convidar os seus colegas para um lanche lá em casa, mas ela não sabia o que iria fazer para eles. Então foi a casa da sua prima Maria e perguntou-lhe se a podia ajudar a fazer alguma coisa para o lanche. E ela lá a ajudou.

            Foram para casa e, quando chegaram, pensaram em fazer um bolo de chocolate. Começaram a fazê-lo e, nessa altura reparou que lhe faltava o chocolate. Então a Maria disse:

            - É melhor ires buscá-lo ao supermercado enquanto eu fico aqui a tratar do forno!

            E a gata respondeu:

            - Não, deixa estar, fazemos sem chocolate.

            E a sua prima exclamou:

            - Mais vale prevenir do que remediar!

            E ela:

            - Ok! Vou buscá-lo!

            Foi assim que fez um bolo maravilhoso, graças à sua prima Maria.

            A moralidade da história é: “Mais vale prevenir do que remediar”.

5ºD 

A cegonha e a andorinha

 

 

Era uma vez uma cegonha e uma andorinha que eram amigas e que se preparavam para emigrar.

Pouco antes de emigrarem a cegonha perguntou:

-Andorinha estás entusiasmada por emigrar?

-Não, porque gosto muito deste sítio e é a minha casa, não quero ir embora- respondeu a andorinha.

A cegonha pôs-se a pensar numa coisa para que a sua pobre amiga fosse com ela e disse:

-Para onde vamos está muito calor.

-Não quero saber, não vou emigrar, vou ficar aqui!- exclamou a andorinha.

-Tu é que sabes, enquanto nós vamos estar quentinhos, tu vais estar gelada.- declarou a cegonha.

Pouco depois todos eles emigraram menos a andorinha. Alguns dias mais tarde, chegou o inverno e a andorinha ficou com muito frio e sozinha.

Moralidade da fábula: mais vale que a andorinha se tivesse prevenido e tivesse emigrado do que tentar remediar-se.

 

 

Pedro Reis, nº: 23, Turma: 5D