Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Português em movimento

O Blogue de Português do 2º ciclo da E. B. Lousada Centro

Português em movimento

O Blogue de Português do 2º ciclo da E. B. Lousada Centro

Conto de Natal

O Verdadeiro Natal

       Era uma vez uma família pobre que trabalhava todo o santo dia. Tinham uma filha, a Maria, que era uma criança muito feliz.

       A mãe chegava ao fim do dia muito cansada, mas nunca deixava de deitar e mimar a filha até ela adormecer.

       Um dia a Maria disse:

       - Ó mãe, está a chegar o Natal, os meus amigos só falam em telemóveis, jogos de computador e outras coisas que eu nem sei o que são. O que é realmente o Natal?

       A mãe com lágrimas nos olhos explicou:

     - Maria, o verdadeiro Natal é o que a mãe todos dias faz. Dar-te muito amor, comida muito saudável da nossa horta, que é cultivada com muito carinho.  É ensinar-te a partilha, ajudar os mais velhinhos, dar muito a quem precisa… Sabes porquê? Natal é o nascimento de Jesus que nasceu tão pobrezinho, mas com tanto amor que até morreu por nós. - Acrescentou ela.

     -  Mãe, no Natal podemos ir ao orfanato e estar com os meninos que não têm  família?

     -  Claro, filha! Fico muito contente por teres percebido o que eu quis dizer.

      A Maria percebeu que realmente os amigos viviam só por ilusões, riqueza e alguns com muita falta de amor. E ela era realmente muito feliz, porque tinha uma família que a amava.

Leonor, 6º D

E se fosse eu?

 

 

                     E SE FOSSE EU?

                     FAZER A MOCHILA E PARTIR…

 

 

    No dia seis de abril, aceitámos o desafio ( http://www.dge.mec.pt/noticias/educacao-para-cidadania/iniciativa-e-se-fosse-eu-fazer-mochila-e-partir ).

    Na aula de português, depois de uma breve conversa sobre o problema dos refugiados, que passam a vida a fugir da guerra à procura de um porto seguro onde possam viver em paz e com a dignidade a que têm direito, assistimos a um vídeo que nos deixou a pensar…

    Percebemos que vivemos num mundo onde os Direitos Universais do Homem são continuamente violados – aumentam as desigualdades, a discriminação, violam-se liberdades e o direito à vida… 

    Não é possível ficar indiferente!

    Pensámos que esta poderia ser uma situação a ser vivenciada por cada um de nós…

   Encarámos o desafio lançado e logo começámos a dar sugestões sobre o que seria de facto importante levar se tivéssemos de deixar TUDO para trás.

     Deixamos neste pequeno livro digital as propostas do 5ºH.

                Vê aqui:  E se fosse eu? Fazer a mochila e partir...

 

 

 

 

 

Textos de opinião

 

Opinião

 

 

          Na minha opinião o homem cria muitos inventos porque se quer desafiar a si mesmo e aprender novas coisas, ajudando desta forma a sua pátria e a humanidade.

          Eu acho que a melhor invenção foi o avião, porque permitiu às pessoas viajarem para qualquer lado do mundo e o paraquedas, porque nos permitiu saltar de um  avião sem morrer, dando-nos uma experiência magnífica.

 

 

opinião.jpg                        

 Gonçalo Ribeiro, nº8, 6ºB

 

                                                                                                

 

Texto de opinião

 

O Homem inventou muitas coisas para, por exemplo, transportar ou ser transportado, sobreviver, entre outros.

Para mim, alguns dos inventos mais importantes para o progresso da humanidade foram os objetos de carpintaria, para desenvolver a criatividade; os meios de transporte, para conseguirmos percorrer longas distâncias sem nos cansarmos; os mapas, para sabermos a nossa localização; os telemóveis, para conseguirmos falar com outras pessoas sem termos de ir ao local onde essa pessoa está.

Bem, claro que existem mais, de algumas não me lembro, mas uma coisa sei, as invenções revolucionaram a história da humanidade.

Rui Barbosa, nº17, 6ºB 

                                                                                                

 

Texto de opinião

 

O ser humano sente necessidade de criar mais inventos para ser reconhecido, ou talvez, para nos levar a um futuro mais além.

             Na minha opinião, um dos inventos que foram decisivos para o progresso da humanidade foi a roda, porque foi através dela que existiu o carro, que nos leva a locais de forma mais rápida. A invenção do GPS também foi importante para quem não conhece certos caminhos e para chegar a um determinado destino de forma mais fácil.

  

Ana Beatriz Nunes, nº3, 6ºB

                                                                                                

 

 

Texto de opinião

 

 

O ser humano tem necessidade de criar inventos para evoluir cada vez mais. Foram vários os inventos decisivos e, na minha opinião, a eletricidade e a vacina foram dois deles. A eletricidade porque veio facilitar o dia-a-dia do ser humano, as vacinas porque vieram evitar muitas doenças.     

 

                                  Mafalda Nunes, Nº11, 6ºB 

 

                                                                                                

 

Textos Biográficos

 

Um jovem capitão

 

Rúben Diogo da Silva Neves nasceu a 13 de março de 1997, em Morzelo, em Portugal. É futebolista e enverga a camisola do Futebol Clube do Porto, onde completou as camadas jovens. Estreou-se na equipa sénior frente ao Marítimo na época de 2014/2015, marcando o seu primeiro golo com 17 anos e 155 dias. Tornou-se, assim, o mais jovem jogador do FCP a marcar para o campeonato. Passado cinco dias, fez a sua estreia como titular no Play Off de apuramento para a Champions frente ao Lille. Transformou-se no mais jovem jogador português a jogar a referida competição com apenas 17 anos 5 meses e 7 dias, batendo o consagrado Ronaldo.

Em 2015/2016 adotou o título de mais jovem capitão de sempre, num jogo de receção ao Chelsea a contar para a Liga dos Campeões. 

Foi chamado à Seleção Nacional A no dia 9 /11/2015.

Foi contemplado com o prémio jovem promessa do ano e o Dragão de ouro de atleta revelação do ano de 2013/2014, que recebeu acompanhado pela namorada Débora Lourenço. 

Atualmente, luta para dar alegrias aos adeptos e para ser uma referência para os mais novos, ambicionando atingir patamares mais elevados.

 

 

Gonçalo Ribeiro

Nº8 6ºB

 

 

Daniela Ruah.JPG

PintodaCosta.JPG

 

CARTA

 

Lousada, 6 de outubro de 2015

 

 

 

            Olá, cara amiga Joana:                                                          

 

            Sei que ainda não nos conhecemos como colegas, porque ainda não sei que como és. Eu sou baixa, morena, de olhos castanhos, com nariz e boca pequena e tenho o cabelo castanho e comprido.

            A minha vida escolar é razoável, sou boa aluna em português e nas outras disciplinas. Na escola nova já fiz muitos amigos e gosto muito deles. Adoraria 

partilhar a minha vida com eles.

            A minha família é muito boa, passo mais tempo com eles ao domingo, porque o meu pai só esta cá no fim de semana.

            Eu, nos meus tempos livres aproveito para brincar, ler e ver televisão. Nos meus fins de semana acordo mais tarde, depois gosto sempre de brincar e estudar um pouco.

             Pratico ginástica na escola, mas penso entrar para dança. Os meus projetos para ferias são andar de bicicleta, ir à piscina e à praia.

         

             Até Breve 

                               

 

                                         Beijinhos 

                                                                                               

                                                           Cláudia, 5ºH

 

CARTA

Meinedo, 6 de Outubro de 2015

 

Olá, Mariana!

Estou a escrever-te esta carta, porque seria falta de educação não responder à tua. Além disso, gostava de te conhecer melhor!

Hoje, vou apresentar-me: meço 1.35m, sou magra, pois cheguei a praticar dois desportos - ténis e natação. Tenho olhos e cabelo castanhos e sou morena. Tenho notas razoáveis, sou meiga e, principalmente, simpática.

Normalmente, eu estou em convívio com a minha família às quartas-feiras e aos domingos.

A minha vida escolar tem sido difícil, porque só de pensar nas fichas que vou fazer e no facto de ter de me adaptar à nova escola, dá-me dores de cabeça!

Felizmente, já fiz amigos: a Bianca, a Alexandra, a Catarina, a Carolina, a Beatriz A., a Beatriz E., a Cláudia, o Rafael …

Nos meus fins-de-semana costumo ficar em casa a fazer os trabalhos de casa ou a ver televisão.

Nos feriados (tempos livres) costumo ir com os meus pais ao shopping e, para não ter nenhuma falta de TPC, faço os trabalhos de casa!

Como disse, pratiquei natação sincronizada e ténis. Saí por duas razões: por causa dos exames nacionais e começava a ser sempre o mesmo! Pode ser que entre na natação.

Adorava ir para o Estrangeiro! Para isso, tenho de ter boas notas, principalmente a Inglês!

 

                                  Até breve!

 

                                                                                                Inês